Albânia: roteiro e dicas

ALBÂNIA, Julho de 2018

Albânia

Fomos para Albânia pois é um país fora da União europeia ( espaço Schengen) e nosso visto de 90 dias na UE estava acabando, sem contar que o preço das coisas na Albânia é mais barato.

Imigração e como chegamos
Entrada
Entramos na Albânia pela fronteira com a Grécia, na cidade de Kakavia. Para chegar lá pegamos dois ônibus, um de Kalambaka (Meteora) até Ioanina ( 13 euros em 2 horas de viagem) e outro até a fronteira em Kakavia( 7 Euros e uma hora de viagem).
A imigração na entrada foi tranquila, na aduana Grega só o carimbo de saída e nada mais, sem revista, sem pergunta, nem tchau falaram.
Na Albânia a mesma coisa, sem pergunta, sem revista e o mais impressionante, sem carimbo também. Sabe se lá porque na Albânia não tem carimbo, o agente apenas pegou o passaporte, lançou os dados no computador e nos devolveu sem carimbo.
Saída
Já a saída do país foi bem demorada, pegamos um ônibus em Tirana até Struga na Macedônia ( 13 Euros, ônibus da manhã, o da tarde custa 10 Euros, em 4 horas entre viagem e imigração), na fronteira entre os dois países muita demora no lado albanês.
Primeiro entrou um policial e recolheu todos os passaportes dos passageiros. Depois o ônibus foi para uma garagem onde todos desceram e pegaram suas bagagens no bagageiro para, uma por uma, passar pela revista. Todos revistados em mais ou menos meia hora e de volta ao ônibus. Mais alguns minutos para o motorista devolver, um por um, os passaportes dentro do ônibus. Assim como na entrada, não ouve carimbo algum no passaporte.
Na Macedônia foi o mesmo procedimento com os passaportes, policial pega e minutos depois o motorista devolve, a diferença é que na Macedônia teve carimbo. Não ouve revista na entrada da Macedônia.
Câmbio e preços
O dinheiro da Albânia é o Leke. Na época que fomos, julho 2018, 1 euro valia 125 lekes é um real valia mais ou menos 25 lekes. Quase todos os lugares aceitam o Euro e também  cartões de crédito. As coisas são mais baratas que na zona do euro como por exemplo os hotéis que custam de 5 a 7 euros por pessoa ( de 700 a 1000 lekes)
Comida
Os restaurantes servem por porções, ou seja, você tem que pedir a salada, a carne e os acompanhamentos. Custa entre 100 e 200 Lekes os acompanhamentos e uns 300 as carnes.
O mais barato para comer são as pizzas (” pica “em albanês) 200 lekes uma individual, os kebabs 200 leks, e os diversos salgados das padarias que variam em 100 e 30 lekes. O mais barato é um folhado de queijo branco, só 30 lekes.
Dicas sobre transporte:
Não adianta querer comprar as passagens online que não rola, compre na hora no guichê do terminal de ônibus.
Em Tirana existem três Rodoviárias ( Destinos Internacionais, destinos do sul e destinos do Norte), para comprar passagens para fora da Albânia só comprando nas agências de viagens.
Cidades que conhecemos
Gjirokastër
Fica logo na fronteira com a Grécia, a 20 quilômetros de Kakavia, fomos de táxi de Kakavia até Gjirokaster por 7 euros ( quanto mais gente pra dividir, melhor).
Cidade muito bonita com seus tradicionais telhados de pedra.
Seu principal ponto turístico é o Castelo de Gjirokaster cuja entrada custa 200 lekes.

Castelo de Gjirokaster

No centro da cidade se encontram bons restaurantes e lojas de suvenires
Tirana
É a capital da Albânia, chegamos lá saindo de Gjirokastër com uma van que cobrou 1000 lekes ( 8 euros) e levou 4 horas de viagem.
Em Tirana conhecemos:
A praça Skenderbej.
Bunker Art: em todo território da Albânia existem mais de 100 mil bunkers construídos na ditadura comunista. Hoje se tornaram obras de arte, principalmente os localizados no centro de Tirana.
 Para saber mais sobre a história e curiosidades da Albânia é só clicar no vídeo abaixo:

A pirâmide abandonada.
Outras cidades:
Pra quem gosta de praias recomendamos  as cidades de Durres e Saranda. Outra cidade  bem turística da Albânia é Shkoder.

Nos acompanhem em:

Siga-nos no INSTAGRAM

Nos acompanhe também em nossa FanPage do FACEBOOK

Veja essa viagem e se inscrevam em nosso canal do YOUTUBE

Entre em contato pelo e-mail [email protected]

Assista o vídeo dessa viagem e se inscrevam no canal ▶