Paris e os museus gratuitos

​​FRANCA, Abril 2018
Dois dias na Cidade Luz

Chegamos em Paris vindos do Monte Saint Michel com um ônibus da empresa Flixbus. A viagem durou 6 horas e a passagem custou 28 euros.

Ficamos apenas 2 dias e 3 noites em Paris o que fez nossa passagem pela “Cidade Luz” ser bem corrida. Praticamente fizemos tudo a pé, só os pontos mais afastados fomos de Metrô. Todos transportes em Paris custam 1,90 Euros e são todos integrados.
 No primeiro dia começamos nossas andanças pela praça da Bastilha, e não vimos nada demais, apenas o monumento mesmo.
Após, fomos beirando o belíssimo Rio Sena até a Basílica de Notre Dame. A entrada é gratuita, só para subir na torre que a entrada e paga. Nao lembro muito do  preco, mas esta entre 8 a 12 Euros.
Depois da Basílica, seguimos para o lindo o Jardim de Luxemburgo e em seguida, fomos até o Palácio do Louvre. Do palácio, fizemos uma bela caminhada até o arco do triunfo, no caminho passamos pela Roda Gigante, Obelisco de Luxor e o Petit Palais.

1 – Foto: Jardim de Luxemburgo; 2 – Foto: Roda Gigante; 3 – Foto: Basilica de Notre Dame; e 4 – Foto: Palácio do Louvre.

No arco do Triunfo tem um túnel para chegar em baixo dele gratuitamente, só paga para subir em cima do arco.
Do arco, mais uns minutos caminhando e chegamos na Torre Eiffel, como no Arco do Triunfo, a passagem por baixo é gratuita mas para subir tem que pagar. Esperamos anoitecer para ver as belíssimas luzes da torre Eiffel.

Torre Eifel a belíssima ponte Alexandre III a noite e o Rio Sena

No segundo dia resolvemos visitar alguns museus já que era o primeiro domingo do mês e a maioria dos museus de Paris são grátis nesse dia.
O famoso Museu do Louvre não é grátis em todos os primeiros domingos do mês, apenas entre outubro e março. Porém conseguimos ver uma parte do museu na Estação do Metrô Rivoli- Louvre e também pela janelas do palácio do Louvre como mostramos no video em nosso canal no fim deste post.
A famosa pirâmide invertida fica no shopping situado no subsolo do palácio e não precisa pagar nada para entrar.

A pirâmide fica no meio do shopping e todos podem se aproximar e fazer fotos.

Fomos para o museu d’Orsay, esse sim gratuito em todos os primeiros domingos do ano, não tinha muita fila apesar de ser grátis naquele dia. A entrada nos demais dias custa 12 euros.
Após o d’Orsay, fomos para o museu Rodin, que fica próximo da região dos Inválidos. Esse museu, assim como o Louvre, só é grátis nos primeiros domingos dos meses entre outubro e março.
Mesmo assim, da entrada do museu conseguimos avistar a obra mais famosa do museu, ” O pensador”  que registramos e colocamos no video no fim dessa postagem.
Do Museu seguimos para a Ponte Alexandre III, uma das mais bonitas de Paris.
Por fim, pegamos o metrô até a região de Montmartre, famoso bairro cultural de Paris. Lá ficam a Basílica do Sacre Coer, o  muro do Amor e o Moulin Rouge.

1 – Foto: Museu d’Orseu; 2 – O muro dos Eu te amo – Le mur des Je t’aime; 3 -Basílica Sacre Coer; e 4 – Moulin Rouge.

Após a visitarmos a Montmartre, voltamos para casa de um amigo onde estávamos hospedados. Ele morava próximo ao Château de Vincennes, um fantástico Castelo que se pode visitar gratuitamente.

Château de Vincennes o castelo fica longe do centro de París e não pagamos a entrada.

Depois de nos apaixonarmos pela encantadora París, infelizmente tivemos que nos despedir, afinal a viagem tem que continuar e o próximo destino vai ser a Espanha mais precisamente Madri.

Nos acompanhem em:

Siga-nos no INSTAGRAM

Nos acompanhe também em nossa FanPage do FACEBOOK

Veja essa viagem e se inscrevam em nosso canal do YOUTUBE

Assista o vídeo dessa viagem e se inscrevam no canal ▶